Macarons - você conhece?

quarta-feira, 6 de novembro de 2013
 O macaron (diz-se "macarrôn"), é uma criação da Veneza Renascentista e era conhecido originalmente por "maccherone", devido à sua massa fina. Surgiu na Itália, e por volta de 1533 foi levado à França por Catarina de Médici para o seu casamento com o Rei Henrique. 

O "Doce da Rainha", como era chamado, foi levado juntamente com a sua corte. A receita, à base de farinha de amêndoas, açúcar e claras de ovos, permaneceu secreta e restrita à nobreza até ser descoberta por uma congregação de irmãs carmelitas do convento Saint -Sacrement, da cidade de Nancy no nordeste da França. Após a revolução francesa, em 1789, as congregações religiosas passaram a produzir macarons fora dos conventos e estas irmãs ficaram conhecidas como "Irmãs Macarons". Até hoje, na cidade de Nancy existem os macarons como eram produzidos naquela época.
 

Até então, na Itália, os macarons era produzido de forma diferente à que conhecemos hoje. Eram apenas as metades separadas desta bolachinha feita à base de farinha de amêndoas, sem recheio algum. No início do século XX o macaron começou a tomar a sua forma atual, quando o chef Pierre Desfontainess, da Pâtisserie Francesa Ladurée teve a ideia de utilizá-los aos pares com um recheio cremoso. Curiosamente, esta iguaria de tão séria que se tornou na França, ganhou um museu na cidade de Montmorillon (localizada na região administrativa de Poitou-Charentes, no departamento de Vienne).


Os macarons possuem uma coloração intensa, uma textura crocante por fora, e macia por dentro, acompanhados com recheios dos mais variados. Para aniversários, casamentos e ocasiões especiais o macaron é uma bela alternativa elegante para a sua comemoração. Outra dica é servir o macaron em coquetéis, acompanhado de champanhe. Além de tudo pode ser personalizado combinando com a cor e proposta da festa.

*Texto enviado por Fabio Correa da Finesse Doces Finos, quem faz essa maravilha aqui no ES 


Beijos doces!

Daieny Fasolo


* imagens retiradas da intenet

0 comentários :

Postar um comentário